Preso na Cozinha do Mundo

A situação dos trabalhadores migrantes na indústria avícola da Tailândia

O consumo mundial de frango está a aumentar mais rapidamente do que qualquer outro produto de carne. Para o relatório Preso na Cozinha do Mundo (no original "Trapped in the Kitchen of the World"), a SwedWatch entrevistou 98 trabalhadores migrantes do Camboja e Mianmar, trabalhando em seis fábricas de frango na Tailândia. As fábricas exportam produtos de aves para a Suécia e outros países da UE. Os trabalhadores entrevistados atestam um ambiente em que os direitos são violados e onde eles são explorados diariamente por empregadores e agentes de recrutamento. O trabalho infantil em idades inferiores a 15 anos foi relatado por trabalhadores entrevistados em três das fábricas. Trabalhadores presos em servidão por dívida e outras situações abusivas foram encontradas pelos entrevistados em todas as fábricas incluídas. O relatório também expõe como os compradores e importadores europeus de carne de aves provinda da Tailândia têm falhado na sua responsabilidade de realizar diligências relativamente aos potenciais impactes adversos nos direitos humanos, de acordo com os Princípios Orientadores das Nações Unidas sobre Empresas e Direitos Humanos.

 

Descarregue o relatório.